Slider
Prazo das Matrículas:
  • Para os 2.º, 3.º e 4.º anos – 6 de Julho a 10 de julho
  • Para o 5.º ano - 6 de julho a dia 10 de julho
  • Para o 7.º ano - 22 de junho a 28 de junho
  • Para os 6.º, 8.º e 9.º anos - 22 de junho a 28 de junho
  • Para o 10.º ano - 15 de julho a 20 de julho

 
A Matrícula é efetuada no Portal das Matrículas, com o recurso a uma das seguintes formas de autenticação:
  • Cartão de cidadão
  • Chave móvel
  • Credenciais de acesso ao Portal das Finanças.

Matrícula na transição de ciclo para os 5.º, 7.º e 10.anos 
É obrigatório efetuar matrícula no Portal das Matrículas.
 

Para os 2.º, 3.º, 4.º, 6.º, 8.º e 9.º anos a matrícula é automática:
Só deve renovar matrícula, para os outros anos 2.º, 3.º, 4.º, 6.º, 8.º e 9.º ano, no Portal das Matrículas, sempre que pretenda ou seja necessária:
  • A mudança de estabelecimento de ensino ou de ensino;
  • A alteração de encarregado de educação;
  • A mudança de curso ou de percurso formativo;
  • A escolha de disciplinas.

Legislação em Vigor:
Despacho-Normativo n.º 6/2018, republicado pelo Despacho-Normativo n.º 10-B/2021 de 12 de abril e Despacho n.º 4506-A/2023 de 13 de abril.

 No âmbito da gratuitidade dos Manuais Escolares e da política de reutilização dos mesmos e considerando as orientações recebidas do Ministério da Educação, informamos os Encarregados de Educação dos alunos 2º e 3º ciclo que deverão proceder à devolução dos Manuais Escolares distribuídos, entre os dias 24 e 26 de junho, das 09h30 às 16h30, na Escola Professor Paula Nogueira.
No 1º ciclo não há lugar à devolução de manuais escolares.

 

Ver mais

Ao longo do ano letivo, de modo a promover um ambiente escolar mais saudável e amigável, foram desenvolvidas oficinas de cerâmica na escola Nº5, as dinâmicas ocorreram na hora do recreio no período do almoço, com a coordenação da psicóloga Conceição Vicente (SPO) e da professora Luísa Preto de Artes Plásticas (3º ciclo). Estas oficinas foram destinadas a alunos do 4º ano e para muitos este foi o primeiro contacto com o barro, deixando em cada trabalho um testemunho físico único e especial. Os “Pequenos, Grandes Artistas” tiveram assim a oportunidade de explorar de forma sensorial, livre e autónoma o barro como ingrediente principal e onde surgiram trabalhos onde a curiosidade natural das crianças fez arte.