Slider

“O que diferencia o seu país, região ou cidade dos restantes?” exposição de trabalhos realizados para o projeto Erasmus+ “Enriching unity with cultural diversity”

 

O projeto Erasmus+ “Enriching unity with cultural diversity” realiza a sua primeira exposição fruto da primeira atividade desenvolvida com todos os alunos do 7ºAno da Escola E.B. 2/3 Professor Paula Nogueira.

Os alunos refletiram e tentaram responder através do desenho a uma simples questão: “O que diferencia o seu país, região ou cidade dos restantes?” O resultado está presente na exposição que se encontra junto da Biblioteca da Escola E.B. 2/3 Professor Paula Nogueira e que também já foi apresentado no 1º Encontro do Projeto que se realizou em Karaman (Turquia).

O projeto Erasmus+ “Enriching unity with cultural diversity” é uma parceria entre escolas da Espanha, Estónia, Portugal, Turquia, Roménia e Eslovénia. Este projeto reflete as necessidades decorrentes do fato de que o número e a diversidade de culturas, costumes e línguas enriquecem as nossas vidas. A importância de preservar o património cultural europeu e a sua difusão entre os participantes dos países parceiros está no centro deste protejo. O projeto está focado em conhecer e compreender as diferenças culturais com diferentes religiões: católica, muçulmana, ortodoxa e evangélica. Essas religiões ajudaram a moldar os países e influenciam grandemente a sua herança cultural. Os principais objetivos do protejo passam pela consciencialização na preservação do património cultural, pelo desenvolvimento da interculturalidade, pela melhoria de competências no domínio da inclusão de todos os alunos, pelo desenvolvimento das tecnologias digitais e as pelas competências profissionais de todos os participantes.

Todos os alunos do 7º e 8º anos da Escola E.B. 2/3 Professor Paula Nogueira, se assim o desejarem podem candidatar-se a realização de intercâmbios com os alunos dos outros países, para tal devem realizar a candidatura em impresso próprio (disponível na Reprografia) até ao final de novembro (entregar ao professor Paulo Quitério).

A Escola EBI/JI José Carlos da Maia, em Olhão, recebeu, de 12 a 14 de novembro, um grupo de sete professores e quinze alunos da Croácia, Espanha e Finlândia, no âmbito do projeto Erasmus+ “EU Crazy Labs – testing inclusion methods”, que visa, através de quatro abordagens de inclusão (uma para cada país), munir os alunos de competências e conhecimentos que os ajudem e os motivem a tornarem-se cidadãos conscientes e participativos.

Esta primeira mobilidade, que também conta com um parceiro externo - MOJU, centrou-se nas línguas estrangeiras, pelo que, durante os três dias, foram realizadas várias oficinas, jogos interativos e trabalhos sobre a importância das línguas nas sociedades cada vez mais multiculturais.

O grupo, constituído também por seis professoras e quinze alunos portugueses, ainda teve oportunidade de descobrir os encantos da nossa cidade, apreciar a gastronomia olhanense e confraternizar numa atividade de arborismo no Parque Aventura de VRST.

A segunda mobilidade deste projeto realiza-se em março de 2020, em Šibenik, na Croácia.

 

Celina Pereira

A Escola EBI/JI José Carlos da Maia recebeu, na última semana de setembro, um grupo de professores e alunos dinamarqueses, eslovacos, gregos, italianos e turcos, seus parceiros no projeto Erasmus+ "Be Allies Not Bullies".

A comitiva foi recebida nos Paços do Concelho pelo Dr. António Camacho, vereador da Educação, em representação do presidente do município.

Ao longo de cinco dias, realizaram-se, na escola, diversas atividades relacionadas com o tema central do projeto, "Bullying", das quais se destacam a escrita criativa e posterior dramatização de situações de Bullying; um workshop de arte e uma palestra.

A semana também esteve repleta de momentos de partilha e amizade entre alunos e professores dos vários países que, logo no primeiro dia, realizaram um “actionbound” que os levou a (re)descobrir a Rota das Lendas.

No dia seguinte, o programa contemplou um passeio de barco até à Ilha da Culatra, seguido de uma caminhada até ao Farol que deu oportunidade ao grupo de apreciar a beleza da nossa costa e confraternizar através de jogos de praia.

A semana acabou com uma visita à Fortaleza de Sagres e uma ida ao Parque Aventura de Lagos, onde pequenos e graúdos mostraram os seus dotes no arborismo, atividade que premeia a entreajuda e a colaboração e que, nesse sentido, permitiu reforçar os laços entre todos os envolvidos, indo de encontro ao tema do projeto.

 

A próxima mobilidade, que se realizará em março em Castellana Grotte, Itália, também promete uma semana cheia de experiências enriquecedoras e partilhas inesquecíveis.

Entre os dias 23 e 27 de setembro, 40 alunos e vinte professores de Portugal, Espanha, Itália, Finlândia e Polónia estiveram reunidos no Algarve, no âmbito da atividade de aprendizagem C4 do projeto Erasmus + KA2 “Open your eyes and open your heart!”, dinamizada pela Escola E.B. I / JI José Carlos da Maia, do Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira, de Olhão.

 

Durante esta semana, todos os participantes desenvolveram atividades relacionadas com o tema “Voluntariado no ambiente”, num programa recheado de ações solidárias, tais como: apoio à distribuição de alimentos no armazém do Banco Alimentar Contra a Fome do Algarve e plantação de vegetais na Horta Biológica desta instituição, recolha de lixo entre as ilhas da Culatra e do Farol e entrega de brinquedos e alimentos, bem como ajuda na manutenção do abrigo para animais da APAR, em Moncarapacho.

 

Para além destas, os alunos e professores envolvidos, participaram noutras atividades do projeto, sendo de destacar a caminhada nos “7 Vales Suspensos”, em Lagoa; o cruzeiro às ilhas da Armona, Culatra e Farol, com recolha de conchas, com as quais criaram quadros que depois levaram para os respetivos países; um passeio / jogo pela cidade de Olhão, com recurso à aplicação “Actionbound”; arborismo no Parque Aventura de Albufeira e o teatro de sombras subordinado ao tema “Vamos proteger a Natureza”, com peças produzidas e apresentadas por cada um dos países envolvidos.

 

Todos os alunos ficaram instalados em casas de famílias olhanenses, tendo tido a oportunidade de visitar as praias e outros locais de interesse da região e de experimentar a culinária algarvia. Quanto aos docentes, não faltaram os elogios positivos à gastronomia local, à beleza das praias e à variedade de ações solidárias que integraram o programa.

 

A próxima e última atividade de aprendizagem deste projeto decorrerá no próximo mês de maio, em Alicante, Espanha.