Slider

Um grupo de 19 alunos e 11 professores de cinco países (Alemanha, Espanha, Finlândia, França e Grécia) participou de 24 a 28 de Setembro no Intercâmbio de alunos que se realizou na Escola E.B. 2/3 Professor Paula Nogueira em Olhão integrado no Projeto “21st Century Skills” do Programa Erasmus+, Ação-Chave 2, coordenado pela Escola «IGS Grünthal» de Stralsund, Alemanha. Permitindo a possibilidade de participar em atividades relacionadas com o desenvolvimento de aptidões e competências para combater o abandono escolar e as dificuldades na aprendizagem.

O nosso encontro foi o quarto dos seis previstos. Durante os cinco dias de atividades a temática abordada foi a forma de motivar os alunos para o ensino através da realização de aula/atividades fora da sala de aula convencional e as relações interpessoais.

 

Todos os países participantes apresentaram a sua forma de abordar as atividades fora de sala de aula e as paisagens que podemos observar quando estamos em atividades exteriores.

Neste contexto os alunos portugueses tiveram a oportunidade de partilhar e praticar um conjunto de Jogos Tradicionais, Oficinas com atividades Laboratoriais de Física e Química, Artes e de Culinária com os seus convidados.

Na temática das paisagens foi realizado um passeio pedestre no Trilho da Praia do Barril que permitiu identificar os diferentes tipos de paisagens desde a laguna até as dunas, terminando com a contextualização da Armação de Atum e o respetivo cemitério de ancoras que se encontra no local. Também pudemos observar outro tipo de paisagens, nomeadamente o Barrocal algarvio, o Promontório de Sagres e magnifica Ponta da Piedade.

Foi também realizado um Peddy-paper de descoberta no Centro de Educação Ambiental de Marim (CEAM) que permitiu a realização de Orientação com atividades complementares de caris artístico e cultural assim como a observação de aves em paisagem natural.

Na temática da preservação das espécies locais, foi realizada uma atividade de Sensibilização Ambiental no RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, terminando com a libertação de uma animal recuperado, o tão característico camaleão.

Na temática da História fora da sala de aula, o grupo visitou a bonita cidade de Tavira, tendo contacto com várias manifestações de épocas variadas, de referir a réplica da «Pedra de Dighton», as muralhas e castelo de Tavira, assim como os telhados de tesouro.

Na perspetiva do Início da Globalização que Portugal protagonizou no século XV, o grupo visitou a Fortaleza de Sagres e compreendeu o que foi de facto a “Escola de Sagres” e as “Terras do Infante” e por fim visitou também o primeiro “Mercado de Escravos em território Europeu” em Lagos.

 

Na outra temática do Encontro sobre as “Relações interpessoais”, os alunos da Alemanha escreveram duas pequenas peças de teatro sobre as relações interpessoais e as dificuldades de comunicação entre as várias culturas. Todos os países tiveram a oportunidade de participar na representação conjunta que foi apresentada na Escola EB 2/3 Prof. Paula Nogueira tendo como assistência os alunos do projeto e os pais que alojaram os alunos estrageiros. No final realizou-se uma partilha de comidas típicas dos vários países participantes, fomentando o diálogo e conhecimento dos parceiros.

 

Em termos culturais, a comitiva realizou o “Caminho das Lendas” em Olhão, Cabo de São Vicente (ponto sudoeste do continente europeu) e o cabo de Santa Maria em Faro (ponto mais a sul de Portugal continental).

 

Os professores tiveram a oportunidade de conhecer o Sistema Educacional Português e as recentes medidas implementadas tais como Gestão Flexível de Currículo e a Educação Inclusiva.

 

Todos os alunos estrageiros foram acolhidos por alunos locais, tendo deste modo experienciado a forma de vivência numa família portuguesa permitindo a abertura de horizontes culturais e aumento da perceção do que é ser um cidadão europeu.

 

Agradecimento à Camara Municipal de Olhão, Escola E.B. 2/3 Dom Paio Peres Correia (Tavira), Fortaleza de Sagres, Marinha Portuguesa, RIAS - Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens, Direção Regional da Conservação da Natureza e Florestas do Algarve, Centro de Educação Ambiental de Marim (CEAM), Região de Turismo do Algarve e Associação Turismo do Algarve (ATA).

O projeto "Open your eyes and open your heart recebe, na semana de 23 a 27 de setembro, 14 professores e 21 alunos dos países envolvidos no projeto (Itália, Espanha, Polónia e Finlândia).

Os grupos já chegaram a Olhão e os alunos estão já instalados em casas de famílias dos nossos alunos. São 19, os alunos da JCM que, durante uma semana, vão conviver e fazer muitas atividades de voluntariado, em todo o concelho de Olhão."

 

O Agrupamento de Escolas Professor Paula Nogueira vai iniciar este ano letivo, quatro projetos Erasmus+ referentes à Ação 2 - Parcerias Estratégicas. 


O projeto We Share One Future: Learning and Acting to Transform será desenvolvido à escala europeia num contexto de trabalho colaborativo a desenvolver por cinco escolas situadas em Portugal, na Grécia, na Turquia, na Itália e na Roménia. A base do desenvolvimento deste projeto serão as questões ambientais e o objetivo será sensibilizar os alunos para os problemas ambientais atuais (alterações climáticas, uso excessivo das fontes de energia, reciclagem, desmatamento, espécies ameaçadas, crescimento populacional e expansão urbana descontrolados), promovendo simultaneamente conhecimentos e capacidades que lhes permitam uma atitude mais consciente e responsável, conducente a uma utilização sustentável dos recursos naturais. Paralelamente serão implementadas metodologias de ensino e aprendizagem inovadoras e haverá um investimento na promoção de competências na área das TIC e na utilização de uma lígua estrangeira, neste caso, o inglês.
O projeto irá desenvolver-se nas Escolas EBI/JI José Carlos da Maia, EB1 de Brancanes e EB1 de Quelfes. O grupo alvo deste projeto são cerca de 500 alunos com idades compreendidas entre os 3 e os 15 anos de idade.


O projeto EU Crazy labs - testing inclusion methods, é uma parceria entre escolas da Croácia, Espanha, Finlândia e Portugal. Este projeto visa identificar abordagens inovadoras de inclusão social que podem ser testadas e comprovadas por alunos e professores das quatro escolas parceiras, bem como combater o abandono escolar através da descoberta de metodologias que permitam envolver melhor os alunos na sua vida escolar, aumentar a sua motivação e desenvolver as suas atitudes e bem-estar. Baseia-se em quatro Crazy Labs, um por escola parceira: "gamificação intergeracional" como um meio de reunir gerações, aprender com cada um e desenvolver competências de interação pessoal; o desenvolvimento de "abordagens multissensoriais" para o ensino e a aprendizagem; a utilização de línguas estrangeiras como um modo para quebrar barreiras, aumentar a tolerância e a compreensão e aprender sobre outras culturas; e o recurso a animais para ajudar alunos autistas a desenvolver relações interpessoais. 
Este projeto irá desenvolver-se na Escola EBI/JI José Carlos da Maia e o grupo alvo são alunos do 3º ciclo.
As candidaturas devem realizar-se até ao final de setembro em impresso próprio que será disponibilizado na Reprografia da mesma.  

 

O projeto Music and theater at the service of multicultural dialogue: playing together to build a common European identity é uma parceria entre escolas da França (Ilha de Reunião), Polónia e Portugal e visa atuar positivamente na mobilização dos alunos em relação aos seus percursos escolares, promovendo uma prática artística coletiva. Em concreto, tem como objetivo principal permitir que 48 alunos (16 por escola) com idades compreendidas entre os 11 e os 14 anos colaborem entre si para realizar espetáculos compostos por música, dança e teatro, organizados e encenados de maneira transnacional. As atividades do projeto alternarão o trabalho cooperativo entre participantes das diferentes nacionalidades através da plataforma Etwinning, ensaios semanais da prática artística coletiva para cada grupo em cada escola e três reuniões para apresentação dos espetáculos: na Polónia, em Portugal e na Ilha de Reunião.

As atividades deste projeto irão desenvolver-se durante as sessões semanais do Clube de Artes, que funcionará todas as quartas-feiras à tarde, na Escola EBI/JI José Carlos da Maia.
As candidaturas devem realizar-se até ao final de outubro em impresso próprio que será disponibilizado na Reprografia da mesma.  

 

O projeto Enriching Unity with cultural diversity, é uma parceria entre escolas da Espanha, Estónia, Portugal, Turquia, Roménia e Eslovénia.

Este projeto reflete as necessidades decorrentes do fato de que o número e a diversidade de culturas, costumes e línguas enriquecem as nossas vidas. A importância de preservar o património cultural europeu e a sua difusão entre os participantes dos países parceiros está no centro deste protejo. O projeto está focado em conhecer e compreender as diferenças culturais com diferentes religiões: católica, muçulmana, ortodoxa e evangélica. Essas religiões ajudaram a moldar os países e influenciam grandemente a sua herança cultural. Os principais objetivos do protejo passam pela consciencialização na preservação do património cultural, pelo desenvolvimento da interculturalidade, pela melhoria de competências no domínio da inclusão de todos os alunos, pelo desenvolvimento das tecnologias digitais e as pelas competências profissionais de todos os participantes.

Este projeto irá desenvolver-se na Escola EB2/3 Professor Paula Nogueira e o grupo alvo são alunos do 3º ciclo. As candidaturas devem realizar-se até ao final de Outubro em impresso próprio que será disponibilizado na Reprografia da mesma.